terça-feira, 6 de novembro de 2012

Só mais uma chance...

Entro na pequena sala, sento-me em uma cadeira dura e desconfortável e espero ser atendida pelo médico.
O tempo não parece passar até que ELE chega, o brilho em seus lindos olhos verdes deixam a sala ainda mais clara. Ele continua lindo, com seu sorriso contagiante que tanto me reconforta e me faz ir às nuvens, que parecem que não ficam mais tão longe.
Ele se aproxima e eu logo tento ajeitar os meus cabelos desgrenhados e desamaçar a roupa que insistia em ficar o mais enrugada possível.
Quando ele chega bem perto, percebo seus olhos me observando dos pés à cabeça. Imediatamente começo a ficar vermelha como um tomate, ou por está horrível e ele ter chegado ou por está prestando atenção em mim.Na minha opinião é a primeira opção.
Um tempinho depois vejo que eu estava errada, ele se senta ao meu lado, conversa um pouco, mas dava para ver que tinha outras intenções pois eu não podia deixar de reparar que ele ficava olhando para os meus lábios... De repente, ele se estica para perto do meu rosto, sinto que estou queimando, nossos narizes estão se tocando e parece está na hora em que sempre sonhei, mas de repente algo me tira dos meus devaneios e do NOSSO momento.
A voz fina e irritante da secretária me chamando. O doutor está me esperando…
Então meu amado se levanta, pisca e vai embora.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Faça a alegria dessa escritora!
Poste um comentário, mas... tenho algumas regrinhas
*nada de xingamentos
*se for criticar, apenas críticas construtivas
*coloque o link do blog para eu poder te visitar
Arigato